Escreva, clique aqui. Usuário cadastrado clique aqui
quarta-feira, 23/07/2014 | 1 Comentário

Morre aos 87 anos o escritor Ariano Suassuna, o cavaleiro do sertão

Foto: Júnior Santos

Autor paraibano foi vítima de um AVC, em Recife, onde viveu a maior parte de sua vida.

aqui

 

 

email twitter facebook imprimir
quarta-feira, 23/07/2014 | Comentar

Sobre o SP na Lei de Cultura

Por Tácito Costa

Vocês devem ter lido a notícia aí ao lado no Blog do Sérgio Vilar de que o Substantivo teve projeto aprovado na Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura para reforma gráfica, manutenção e remuneração pelo nosso trabalho. O mérito é todo de Vilar,...

email twitter facebook imprimir
quarta-feira, 23/07/2014 | Comentar

Lutar

Por Francisco Bosco

O pensamento é uma prática individual, enquanto a política interfere na vida do outro {Badiou, na foto}.

aqui

email twitter facebook imprimir
quarta-feira, 23/07/2014 | Comentar

Piglia aprisionado

Por José Castello
O GLOBO

Tento escrever meu terceiro romance. A experiência é aflitiva: imitando a improvável domesticação dos animais selvagens, lido com um material que, à minha revelia, a toda hora se transforma e se rebela. Em definitivo: não sou eu quem comando. É muito doloroso...

email twitter facebook imprimir
quarta-feira, 23/07/2014 | Comentar

Literatura portuguesa

Por José do Carmo Francisco

25 livros-25 anos. Uma lista: entre o pó e a posteridade. Ser conhecido não é o mesmo que ser importante, nós aqui fazemos simples notas de leitura …

aqui

email twitter facebook imprimir
Posts mais antigos

Poesia //

Ver todas
quarta-feira, 23/07/2014 | 2 Comentários

Águia

Por Ednar Andrade

águia

Rugas em minha pele
Desenham com tinta sangue, agonias tatuadas.
Navalha fria, corta-me.
A carne inteira geme, anseia sorriso.

Sou a velha águia que retira-se.
SOU
O cão largado no inútil e solitário uivo
Na escuridão dos sem aurora que os acuda.

Cio de cobra ………………..
Ciciar de cigarra. . . . . . .
Piar de ave noturna não é cantar.
É lamento.