Escreva, clique aqui. Usuário cadastrado clique aqui
sexta-feira, 19/09/2014 | 1 Comentário
98498

Um voto de protesto

Por Tácito Costa

No início da campanha cheguei a pensar em anular o voto. Seria a primeira vez. Depois evoluí para votar em um pequeno partido. E deverá ser o que farei no dia 3 de outubro. Nos dois casos representam o meu protesto contra...

email twitter facebook imprimir
domingo, 20/05/2012 | Comentar

A felicidade no abismo

“Não tenho o vislumbre de me sentir ator. Tem gente que vive do próprio ego, a se carcomer”. Foto: Adriana Lorete

Ele queria a entrevista aos pés de um baobá, árvore sagrada para os africanos, cujo tronco monumental leva à sugestão de estar de...

email twitter facebook imprimir
domingo, 20/05/2012 | Comentar

BitTorrent ajuda vendas de música, diz estudo

Por Redação Link
ESTADÃO

Conclusão é de que não há prova de que downloads ilegais tenham impacto negativo em lançamentos de álbuns

Downloads do BitTorrent ajudam a venda de álbuns de música. Pode soar como heresia para a indústria fonográfica,...

email twitter facebook imprimir
domingo, 20/05/2012 | Comentar

História sem recalque

Por Ivan Marsigliae
O Estado de S. Paulo

Ex-guerrilheiro que se tornou psicanalista fala do desamparo da tortura

Em 1970, aos 25 anos – um “adulto”, segundo diz – Reinaldo Morano Filho largou o quarto ano do curso de medicina na Pinheiros para se lançar em uma aventura tão incerta quanto...

email twitter facebook imprimir
domingo, 20/05/2012 | Comentar

O que dinossauros nos ensinam

Por Marcelo Gleiser
FSP

A história das colisões na Terra mostra que, se a história tivesse sido outra, não estaríamos aqui

Às vezes, a morte vem de lugares inesperados. Para um dinossauro que vivia há 65 milhões de anos, o maior perigo eram outros...

email twitter facebook imprimir
Posts mais antigos

Poesia //

Ver todas
sexta-feira, 19/09/2014 | Comentar

haicais

Por Lívio Oliveira

Livro confidente

no bolso esquerdo da calça

jeans da adolescente.

◊◊

A manga rosada:

seio nativo e doçura,

perfumes na estrada.

◊◊◊

Se sentes calor

das mãos que te tocam, longas,

há brasa em tua pele.

◊◊◊◊

O vento carrega

doce som da flauta intrusa

do barco ancorado.

◊◊◊◊◊

Em alguma parte

parti hoje, assim, à tarde

só fico a metade.