Escreva, clique aqui. Usuário cadastrado clique aqui
terça-feira, 22/07/2014 | 1 Comentário

João Ubaldo

Por Woden Madruga
NA TRIBUNA DO NORTE

A primeira passagem de João Ubaldo Ribeiro por Natal foi nos idos de 1978, maio daquele ano quando aqui se realizou a I Semana de Cultura Nordestina, uma promoção da UFRN com o apoio do Governo do...

email twitter facebook imprimir
quinta-feira, 05/07/2012 | Comentar

Flip

Crítica e otimismo sobre as políticas públicas para bibliotecas.

aqui

email twitter facebook imprimir
quinta-feira, 05/07/2012 | Comentar

Uma defesa da imaginação

Por José Castello
A LITERATURA NA POLTRONA

Leio, com interesse, mas também com cautela, as máximas do filósofo alemão Arthur Schopenhauer (1788-1860) a respeito da arte de ser feliz. Uso uma edição sintética da Martins Fontes, de 2008, organizada por Franco Volpi. Sim: vez por outra, de modo...

email twitter facebook imprimir
quinta-feira, 05/07/2012 | 3 Comentários
O físico teórico Peter Higgs, autor da teoria - Efe

‘Nunca pensei que viveria para ver essa descoberta’

O físico teórico Peter Higgs, autor da teoria

“Partícula de Deus”

Aos 83 anos, autor da teoria que foi em grande parte confirmada espera que modelo tenha conexão com...

email twitter facebook imprimir
quinta-feira, 05/07/2012 | 1 Comentário
http://www.inclusive.org.br/wp-content/uploads/2010/07/casamento-gay.jpg

A cura gay

Por Contardo Calligaris
FSP

Mesmo se quisessem, psicólogos e psiquiatras não saberiam modificar a orientação sexual de alguém

Em 1980, a homossexualidade sumiu do “Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais”. Em 1990, ela foi retirada da lista de doenças da Organização Mundial da Saúde.

Médicos,...

email twitter facebook imprimir
Posts mais antigos

Poesia //

Ver todas
sábado, 19/07/2014 | 5 Comentários

Estrada e pedra azul

Por Lívio Oliveira

Aprendo o tempo que me escapa lento
as f(r)ases trincadas da vida o meio-do-mundo vazio
enquanto dito os passos rijos aos meus pés
subindo a íngreme montanha da qual trarei a pedra
aquela pedra azul me guardará no eterno calado
eu sei: a minha vida e não sei porque flui e baila
aguardo e salto com os dentes os novos acontecimentos
que estão molhados sob o sol e secos sob a chuva
não me perturbo e sigo a cauda do cometa antigo
até onde me levar que eu esteja lá completo e são
e a coragem venha ao meu alcance na estrada
as botas suportem o trajeto duro ilhado
até o ponto em que eu não mais esteja.