Agenda

Festival trará 14 bandas para mega evento em Natal no mês de janeiro

a

Festival Ribeira 360º está confirmado para os dias 7 e 8 de janeiro com algumas das principais atrações musicais do Estado

A Ribeira é o segundo bairro mais antigo de Natal e no início do século passado foi ponto de referência do comércio da cidade, abrigando até hoje um dos mais representativos conjuntos de edificações e casarios de grande valor histórico.

Mas foi há 20 anos que uma onda revitalizadora o fez ressurgir como opção cultural, na carona de um projeto arquitetônico que chamava o poder público para a revitalização daquela área, a partir da rua Chile.

Boca de Sino no Blackout, em 2001. Foto: Sergio Vilar / Acervo: Carlos Augusto

Boca de Sino no Blackout, em 2001. Foto: Sergio Vilar / Acervo: Carlos Augusto

Foi o tempo do famoso Blackout Bar, do Armazém do Cais, Itajubar, A Lata e Bar das Bandeiras, que com suas agendas diversificadas abriram espaço para a música produzida em Natal.

Essa efervescência espalhou-se por ruas adjacentes como Frei Miguelinho, Dr Barata, Duque de Caxias e Tavares de Lira e nelas surgiram mais casas noturnas com o mesmo perfil cultural como Bimbo’s, Kazarão da Ribeira, Bronx, Anjo Azul entre outros que ajudaram a reforçar esse sentimento de amor pelo bairro.

Um cenário propício ao surgimento de festivais de música como o Mada (1998 a 2003) e o DoSol (2006 a 2016), e de centros culturais como a Casa da Ribeira (2001).

Essa história, que permanece inacabada, ganhará novamente um reencontro especial com objetivo de alinhar passado e presente através da música, mostrando o retrato atualizado desta cena musical que até hoje é o motor criativo da rua Chile.

Show do Raimundos, no Casarão. Foto: Israel Sharon Cavalcanti

Show do Raimundos, no Casarão. Foto: Israel Sharon Cavalcanti

É o Festival #Ribeira360º, marcado para acontecer nos dias 7 e 8 de janeiro de 2017, no largo da rua Chile, Ribeira, abrindo o calendário de verão com shows, exposições e grandes encontros da música potiguar.

Idealizado pelo produtor cultural Marcílio Amorim em parceria da Pratika Eventos e Locações, a primeira edição do festival ocupará o largo da Rua Chile e alguns espaços culturais que compõem o atual cenário de entretenimento do bairro, como o Atelier Bar, a Galeria Itajubá e o Galpão 29.

O line up principal já está fechado: No sábado (7), se apresentam a partir das 20h, as atrações General Junkie, Camila Masiso, Khrystal, Camarones Orquestra Guitarrística, Plutão Já Foi Planeta, Talma & Gadelha, Mad Dogs e Luísa e Os Alquimistas.

No domingo (8), a programação começa mais cedo (18h) com shows de Rastafeeling, MC Priguissa, Rosa de Pedra, DuSouto, Expose Your Hate e Deadly Fate.

Além do palco principal, haverá espaços para música eletrônica e shows com participação de convidados especiais que em breve serão anunciados. Nesta quinta-feira, dia 17 de novembro, o festival Ribeira 360º abre para vendas online do primeiro lote de senhas, ao preço de R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia, estudantes), na Bilheteria Digital [www.bilheteriadigital.com}, já a venda física inicia dia 10 de dezembro.

Novidades e ações poderão ser acompanhadas nas redes sociais @ribeira360 e Facebook.com/ribeira360.

Além do Palco 360º, outros dois espaços irão homenagear os points que ajudaram a difundir a música local nos anos 1990: Palco Blackout, Palco Bimbos e Lounge Kazarão da Ribeira.

“Já tinha esse desejo de homenagear o bairro e surgiu a ideia de lembrar o processo de revitalização, que está completando vinte anos e foi o início de uma cena musical que hoje reverbera para todo o País. O festival é uma homenagem mas também um chamamento para se olhar o bairro com seu grande potencial cultural, empreendedor, criativo e turístico”, comentou o produtor Marcílio Amorim.

Ele também espera o engajamento de entidades, empresas e órgãos que já atuam no bairro para proporem ações durante o festival. “Espero que o festival contribua para reforçar o sentimento de identidade dos natalenses”, completa o produtor.

Memória
Um dos autores do projeto de Revitalização da rua Chile, o arquiteto Haroldo Maranhão irá apresentar uma exposição do painéis, fotografias e documentos que explicam como se deu o processo de recuperação e prospecção no largo, e detalhes sobre o projeto “Fachadas da Rua Chile”, que em 1996/97 recuperou a pintura frontal de parte do casario, tornando viável a ocupação dos empreendimentos e casas noturnas.

SERVIÇO

FESTIVAL #RIBEIRA 360º
Dias 7 e 8 de janeiro, na rua Chile, Ribeira
Aniversário dos 20 anos da Revitalização
Ingressos online www.bilheteriaonline.com
R$ 20 e R$ 10

Share:

Comentários

Leave a reply