AgendaArtes Visuais

Ambiguidade dos anônimos é tema de exposição aberta nesta sexta (15)

mechamadepiada_3

Série de desenhos retrata anônimos de rua e de páginas de jornal, cujos rostos permitem interpretações distintas, como ironia e desolação; Galeria Câmara abre mostra nesta sexta-feira (15), com vernissage a partir das 19h.

O artista potiguar Beto Leite reuniu oito desenhos inéditos, além de um zine homônimo na mostra que fica em cartaz no novo espaço cultural de Natal até dia 21 de outubro, com entrada gratuita.

Com curadoria de Ramon Ribeiro, a exposição Me chamam de piada foi esboçada em um zine criado por Ramon, dois anos atrás.

A partir do texto base, uma contraposição de status sociais em versos, Beto passou os últimos seis meses mergulhado na série de desenhos com anônimos observados na rua e em páginas de jornal.

Expressões como seriedade, desolação, estafa e ironia se confundem.

Diferente da primeira individual do artista, Guerra dos Bichos (2016), de desenhos realistas, a nova série tem traços despojados, desprendidos do real, em linhas livres.

A ponta da caneta, do lápis ou do nanquim pouco sai do papel do caderno de observação, para manter a espontaneidade do registro.

As oito peças da exposição têm dimensões pequenas, divididas em quatro grupos. O intuito é apresentar os diferentes usos das linhas.

A seleção também destaca o percurso do artista ao longo do processo, que parte de um traçado figurativo para outro mais abstrato.

mechamamdepiada_1 (1) - CopiaSobre o zine

O zine Me chamam de piada foi o estopim da exposição. Criado artesanalmente por Ramon em 2015, o material compreendia apenas o título, o formato pequeno e um poema.

Essa estrutura foi mantida na atualização do projeto, bem como a temática social.

Foram acrescidos desenhos com leituras paralelas. A publicação tem 32 páginas, impressa a laser e estará à  venda por R$ 15,00.

Os autores

Beto Leite é artista visual, designer e jornalista formado pela UFRN.

Em 2010 publicou uma série de reportagens em quadrinhos na revista impressa O que vai ser derrubado com o Machadão.

Em 2012 realizou a intervenção urbana Sobcontrole, apresentada no Circuito BodeArte e no Projeto 10 Dimensões.

Desde 2014, ele se dedica ao desenho. Sua primeira exposição individual foi Guerra dos Bichos, em 2016.

Ramon Ribeiro é formado em jornalismo pela UFRN.

mechamamdepiada_2Desde 2007 ele publica zines, com lançamentos mais recentes de títulos Não dê esperança aos urubus (2014) e Todos aqueles sambas mais velhos que eu (2015).

Pelo coletivo Lamparina, foi um dos premiados no edital ArtePraia 2012, da Casa da Ribeira e Funarte, com a intervenção Inviabilidades. Ramon é repórter de cultura do jornal Tribuna do Norte.

Galeria Câmara Clara

Mais novo espaço cultural de Natal, a galeria propõe intercâmbios entre linguagens artísticas, ao incentivar práticas de convivência, troca de conhecimento e alimentação consciente.

Idealizado pelo produtor cultural Flávio Rodriguez e pelo fotógrafo Paulo Fuga, o espaço dispõe de duas salas de exposição, uma delas ocupada com a do próprio projeto Câmara Clara – Cartografia do Afeto.

Exposição “Me chamam de piada”, de Beto Leite

Galeria Câmara Clara (Rua Miss Joel Carlson, 1955, Capim Macio)

Vernissage dia 15 de setembro, às 19h

Visitação até 21 de outubro, de quarta a sábado, das 18h às 21h30 (ou visita agendada)

Entrada gratuita

Share:

Comentários

Leave a reply