Geral

Apôis Fum

frevo

O nome de bloco de carnaval mais bonito e lírico de todos os tempos vem das ruas do Recife dos anos 20.
O grande maestro Nelson Ferreira o imortalizou na famosa marcha-frevo Evocação No. 1.
Quem estaria hoje falando em Felinto, Pedro Salgado, Guilherme e Fenelon, compositores, maestros, passistas daqueles carnavais saudosos, se não fosse a Apôis Fum?
Quem saberia hoje quem foram eles, que continuam tão cantados e reverenciados?
Daquela geração, ninguém para contar a história. A música, no entanto – viva – para nos emocionar e respirar a memória de outro tempo.
Os tempos ideais do velho Raul Morais…
O velho que a música canta era regente e instrumentista, enfrentante do carnaval recifense, que morreu com apenas 46 anos, e já chamado de velho.
O mais… a mesma nostalgia da alma brasileira: os tempos ideais do velho Raul Morais. Os anos passados, mesmo na antiguidade, já tidos como os melhores, os inesquecíveis, os ideais.

Share:

Comentários

Leave a reply