Carlos Gurgel
AudiovisualDestaque

O eterno humor de um raro gênio

destrinchar a face. como um portal perfeito de novas criaturas, rostos. remendar o sentimento explorando elegância de passos e risadas. ...
Destaque

Bálsamo e ébano

a melodia penetra a noite. como uma luneta. uma chuva de recados e deleites. a melodia, amacia a vida. tão ...
Mais

Arte como milagre de uma caça

  veja: lá vem eles. todos eles são implacavelmente impávidos. de uma coragem assustadora, pois colhem do tempo o que ...
Mais

A vida cotidiana que se esvai

um ator se vai. mas como os atores vão? eles carregam consigo, as aventuras, as lamparinas, as falas inacabadas. eles ...
MaisMúsica

Real Império da Província – R.I.P.

“Esse menino agora se vai. Ele agora consegue entender, por estar do outro lado, a pequenez disso tudo. Como se ...
Mais

Lonjura

“É para você, meu pai, que dedico essas lenhas linhas. por sobre o universo do seu sorriso que se espalha ...
AgendaLiteratura

A vez da voz que voa

O sarau Belo Bafo da Boca se propõe a intercambiar, misturar vozes e verbos de vários estados nordestinos. Como a ...
Artes VisuaisMais

A Casa do Chão Vermelho

Arthur Ri é um jovem artista da cidade que vive a arte como um visceral escudeiro, que recria a rotina, ...
Mais

O orquidário do Potengy e suas tendas

Natal é uma cidade efervescente, de inúmeras portas geográficas, noturnas e culturais, ajuntamento de tristes faces em comunhão na feitura ...
Mais

Superbacana poesia bahiana

Salvador nos anos 70 emblematicamente personificava uma cidade que permanentemente dialogava com a poesia espalhada pelos seus quintais, e pela ...