Geral

Dublinesca, de Enrique Vila-Matas, ganha prêmio de literatura estrangeira

O romance Dublinesca, do autor espanhol Enrique Vila-Matas, ganhou o primeiro lugar no Prêmio Cunhambebe de literatura estrangeira. Os vencedores do ano foram divulgados nesta terça-feira (20/11). Organizado pelo agente literário Stéphane Chao, o prêmio visa prestigiar as melhores obras de ficção estrangeiras publicadas no país. Publicado pela Cosac Naify, o título foi traduzido pelo prestigiado autor, diretor e cenógrafo José Rubens Siqueira. História do Cabelo, do autor argentino Alan Pauls, ficou em terceiro lugar.

aqui

Share:
Tácito Costa

Comentários

Leave a reply