Então é natal!

Tácito Costa
CrônicaDestaque

Pedro tem 11 anos. Mora no Passo da Pátria. Quinta-feira, 21/12, ele pediu um tênis à mãe. Ela disse que não podia dar. Está desempregada. Doente. Sem avisar, ele foi pedir dinheiro no cruzamento da Prudente com a Ceará Mirim para comprar o tênis. Muitos garotos e adultos fazem ponto no local nesse período.

Sem experiência foi atropelado por um carro e quebrou o pé. A motorista, em pânico, correu para dentro do supermercado, que fica na esquina. Chegou o Samu. No Walfredo Gurgel a assistente social informa que não tem vaga para internação. Manda o menino para casa, onde deve aguardar um telefonema sobre a cirurgia. Existe uma enorme fila, que só cresce.

A mãe, que trabalhou na casa da minha anos atrás, me pede para entrar em contato com a atropeladora. Ver o que pode ser feito. Está dando mastruz com leite ao menino, que sente muita dor, mas o pessoal da rua recomendou um antibiótico, que ela comprou.

Me dá um número de celular e eu ligo. Atende o marido, que se passa por alguém que estava no local e pegou o contato da causadora do acidente. “Amanhã vou procurar a pessoa que tem o contato dela, olha, da minha parte, eu gosto muito de ajudar as pessoas e sempre que posso e tenho eu faço”, escreveu depois pelo Whats.

TagsNatal
Share:
Tácito Costa

Comentários

3 comments

  1. Rizolete Fernandes 25 dezembro, 2017 at 10:00

    Essa é uma exemplar demonstração do grande espírito de “fraternidade” e “solidariedade” que toma conta de 99,9% das pessoas nessa época do ano!
    Direto, curto e comovente , Tácito.

    Rizolete

  2. RITA VIEIRA - jornalista 25 dezembro, 2017 at 15:54

    me fez chorar.
    como vc escreve bem
    acompanho seu trabalho da do Rio.

    parabéns

    o substantivo plural é meu tônico interior/espiritual

    beijo fraterno da Rita

  3. DR. ITAMAR E SONIA 27 dezembro, 2017 at 18:13

    Jornalista (!!!!!!) Tácito Costa, o sr. é o ESCRITOR!
    Vosso artigo veio como uma
    flecha do BEM
    e da LUZ nos nossos corações.
    Tácito orgulho da imprensa do
    Rio Grande do Norte.
    Homem de rara sensibilidade.
    Continue a semear essa sua HUMANIDADE nos corações secos. Eu humilde lhe confesso: precisamos desses alertas.
    Um presente de ANO NOVO em forma de som –
    bem potiguar: https://www.youtube.com/watch?v=kV_hMANhCus&t=1046s
    Abraço fraterno
    (dr) Itamar e Sônia – João Pessoa – quase 2018

Leave a reply