GLOMUS: 16 imagens de uma mistura étnica e musical na Pinacoteca

DestaqueFotografia

Centenas de pessoas assistiram, na Pinacoteca do Estado, a apresentação do côco de zambê e do pau furado, tradição secular da comunidade Cabeceiras, em Tibau do Sul, norte do Estado potiguar. Crianças, adultos e idosos participavam do grupo, o que demonstra tradição e continuidade dessa representação cultural e popular. Nosso fotógrafo JOHN NASCIMENTO captou um pouco desta aura na noite de ontem.

A comunhão entre o grupo e o público mais uma vez marcou uma apresentação do Glomus. Tem sido assim em todos os locais abertos e propícios à esse tipo de interação. E lá estava gente de tantas nacionalidades e idades em ensaios de passos puxados ao frevo, ao côco ou sei lá o que, mas ali estavam pelo simples fato do participar, do se deixar levar pelo ímpeto, pelo batuque.

Na sequência, a jam session com um show de improvisações e um mix de instrumentos e instrumentistas de pelo menos 7 nacionalidades, da Finlândia ao Mali. De Janis Joplin a Bill Withers. Da rabeca ao kora. Em passeios por continentes e viagens sensoriais pelo universo da música e do sentimento. Foi massa, mais uma vez. E hoje acontece um concerto de músicas chinesas tradicionais na Escola de Música.

5

2

3

1

4

6

7

8

11

9

10

15

12

13

16

17

Share:

Comentários

Leave a reply