AgendaLiteratura

Ivan Maciel lança “Machado que eu li”

Machado que eu 3

Membro da Academia de Letras do Estado fala sobre Machado de Assis.

O escritor, professor aposentado e procurador de Justiça, Ivan Maciel de Andrade, 80, lança Machado que eu li na próxima quinta-feira (19), na sede da própria Academia.

O livro surgiu por insistência dos amigos Woden Madruga e Jarbas Martins, cientes do conteúdo acumulado por Ivan Maciel nos mais de 700 artigos publicados no jornal Tribuna do Norte – parte significativa sobra Machado de Assis.

Machado que eu 4Publicado pela Editora Caravela Selo Cultural, Machado que eu li contem 110 artigos e, segundo o autor, “Foge dos jargões acadêmicos e aproxima Machado do leitor”.

Ivan acredita que muito leitor pode sentir dificuldade em ler Machado de Assis (1839-1908) pela erudição do carioca – sob forte influência inglesa.

Mas, passada a barreira inicial, a leitura surge atual e necessária.

“Machado de Assis retratou a história social do Brasil de maneira crítica. Por trás de toda frase tem um sentido. Ele problematizava as questões humanas. Era um escritor, de certa forma, trágico”, diz Ivan.

O ciúme e a ‘alma feminina’ eram os temas destacados em sua obra.

Ivan Maciel na bibliografia machadiana

Ivan Maciel acredita que este é o primeiro livro escrito nesse formato sobre a obra de Machado de Assis.

Ainda que nomes importantes da crítica literária brasileira, como Astrojildo Pereira e Roberto Schwarz, tenham mergulhado na obra do autor de Dom Casmurro.

Leitor voraz, Ivan escreveu contos, crônicas e críticas sobre Machado de Assis, como também de Fiodor Dostoiévski, Liev Tolstói, Marcel Proust, Anton Tchekhov, Jorge Luis Borges, dentre outros.

Machado que eu liMachado que eu Li

110 artigos sobre o escritor carioca

Autor: Ivan Maciel de Andrade

Lançamento: Dia 19 de abril, às 18h

Local: Academia Norte-rio-grandense de Letras, Rua Mibipu 443, Petrópolis

Preço: R$ 40,00

Share:

Comentários

Leave a reply