DestaqueLiteratura

Morre o escritor Paulo Balá

bala

Faleceu na madrugada desta sexta-feira, 21, em Natal, o médico e escritor potiguar, Paulo Bezerra, mais conhecido como “Paulo Balá”. O corpo está sendo velado no Centro de Velório Morada da Paz, na Rua São José. O sepultamento ocorrerá hoje em sua cidade natal, Acari.

Integrante da Academia Norte-rio-grandense de Letras, escreveu os livros “Cartas dos Sertões do Seridó”, “Outras Cartas dos Sertões do Seridó”, “Novas Cartas dos Sertões do Seridó”, todas voltadas à etnografia, abordando o sertão e a região Seridó. Ocupava a cadeira número 12 da ANL, sucedendo Oswaldo Lamartine de Farias.

No prefácio que escreveu para o último livro de Balá, o poeta Carlos Newton Júnior destacou: “Os textos (cartas) de Paulo Bezerra compõem, na verdade, uma obra memorialística das mais importantes, não apenas para a literatura norte-riograndense, mas para a literatura brasileira.”

Share:

Comentários

1 comment

  1. François Silvestre
    François silvestre 22 julho, 2017 at 19:14

    Carlos Newton grafou a verdade, mas disse pouco. Paulo Balá, de cuja companhia ou amizade não privei, pois não tive oportunidade, criou texto ímpar sobre as coisas pares do Sertão. A ele só comparo Oswaldo Lamartine. Oswaldo, no couro cru da pesquisa e na crueza bela do texto. Balá, na beleza suave do texto e na crueza fotográfica do falar do Sertão. Ambos insuperáveis!

Leave a reply