AudiovisualMais

Ode à alegria

Duas garotas românticas

Em comemoração aos 50 anos da comédia musical Duas Garotas Românticas (Les Demoiselles de Rochefort), o Festival Varilux trouxe este clássico remasterizado de Jacques Demy para a programação de sua 8ª edição.

Repetindo a parceria com Catherine Deneuve, que havia estrelado seu musical anterior, o premiado Os Guardas-Chuvas do Amor, Demy escreve um papel sob medida para ela contracenar com sua irmã mais velha, a atriz Françoise Dorléac (por infelicidade do destino, ela veio a falecer num acidente de carro, logo após as filmagens de Duas Garotas Românticas).

Delphine e Solange são irmãs gêmeas e nunca saíram da cidade de Rochefort, onde ganham a vida dando aula de dança e música à crianças. Elas têm dois grandes sonhos: conhecer o homem ideal e ir morar em Paris.

Essa busca pelo homem ideal rende uma charmosa comédia de erros, pois eles estão mais próximos do que elas imaginam: Maxence (Jacques Perrin), o romântico pintor-marinheiro, cujo desejo é encontrar sua musa, e Andy Miller (Gene Kelly), concertista norte-americano que vai a Rochefort reencontrar Simon Dame (Michel Piccoli), antigo amigo do conservatório, que por sua vez ainda chora a partida de sua amada ex-noiva, há dez anos vivendo no México com as filhas, por vergonha de seu sobrenome. MSDYOGI EC004

Dois caminhoneiros (George Chakiris e Grover Dale) também chegam a Rochefort, trazendo uma feira de variedades, e cortejam Delphine e Solange, dizendo poder levá-las a Paris.

A chegada e a partida dessa feira de variedades definem o recorte temporal do filme, que se passa de sexta a domingo, garantindo uma inesquecível sequência de abertura, quando a trupe de artistas dança durante a travessia, numa balsa suspensa, para Rochefort (sequência essa homenageada na abertura de La La Land, de Damien Chazelle).

O roteiro de Demy enlinha para depois alinhar todas as histórias de amor, com um final ousado. Além disso, ele soube como usar e abusar das cores, num contraste de tons pasteis e cores quentes, e junto à música de Michel Legrand, às coreografias de Norman Maen e à fotografia de Ghislain Cloquet, promovem uma sincera ode de alegria à vida como pouco se viu no cinema, transmitindo leveza e uma espécie de encantamento ao espectador, que nem se dá conta dos 124 minutos do longa.

O destaque do elenco fica por conta de George Chakiris, vencedor do Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por Amor Sublime Amor, da lendária Danielle Darrieux, como a mãe das gêmeas e proprietária do café com paredes de vidro, e da participação especialíssima de Gene Kelly, numa singela homenagem a Sinfonia de Paris.

Duas Garotas Românticas fecha a trilogia mais famosa de Demy (precedido por Lola – A flor proibida e Os Guardas-Chuvas do Amor), e é seu filme mais alegre, dinâmico e colorido, apresentando um poético universo onírico em cada frame.

O Festival Varilux trouxe a versão restaurada e remasterizada em 2K e HD, concluída no ano de 2011, pela Digimage Cinema (um upgrade da cópia restaurada feita na década de 1990), deleitando cinéfilos e francófilos.

Share:
Milena Azevedo

Comentários

Leave a reply