MaisPoesia

Pascal

Para que eu enfim compreenda
faz-me treinar diariamente o Senhor

Até nos contrastes exerce seu magistério
ensinando-me a exorcizar as contradições
com dialética maestria

Às vezes conduz-me a colinas verdejantes
enquanto chora meu coração
e às vezes a mares revoltados
quando almejo alegria e paz

Diz-me que para tudo
a regra é a paciência
e que é preciso anular
o impacto negativo das surpresas
que gritam aos sentidos
e os exasperam

Mas para isso deve-se contar com o vazio
que afasta as ilusões

O vazio
tal qual se vê no olhar dos iluminados
– ou na calma dos mortos

– Horácio Paiva
Dia da Paixão do Senhor
30/03/2018

Share:

Comentários

Leave a reply