Sobre o Flin, livro, MinC, ANL, música e teatro

Tácito Costa
Destaque

O Festival Literário de Natal começa a tomar forma. Conversei por telefone rapidamente com o presidente da Funcarte, Dácio Galvão, que me passou algumas informações. A data do evento, por exemplo, já está acertada, será de 8 a 11 de novembro, na Ribeira, mesmo local do ano passado. Entre os nomes de fora já fechados, sondados ou aguardando confirmação, figuram Ruy Castro, Antônio Nóbrega, Nélida Piñon, Heloisa Seixas, Jessier Quirino e Mocinha da Passira. Existe a possibilidade de Rui Castro e Nóbrega darem oficinas, o primeiro sobre crônica, e o segundo de dança. Nélida é uma grande escritora e muito boa palestrante, lembro que assisti uma palestra dela há muito tempo numa bienal do livro realizada no Centro de Convenções por Salustiano Fagundes.

livro

Livro

Conheço pouco sobre rock. O básico para não passar vexame. Por isso, nem sei bem ao certo o que me levou a “Só Garotos”, autobiografia da roqueira Path Smith. Eu que nem curto muito biografia. Talvez porque tenha tentado antes ler uns dois romances e achei chato e o livro de Path estava à mão. Como faz cada vez menos sentido separar ficção de realidade (esta última, inclusive, tem se revelado mais ousada), embarquei na narrativa da norte-americana. Tendo como pano de fundo a história de amor entre ela e o fotógrafo Robert Mapplethorpe (morto e AIDS em 1989), o livro é também um retrato apaixonado, lírico e confessional da contracultura americana dos anos 1970. Pra ser franco tem passagens tão incríveis no livro que você pensa que está lendo… ficção. Adorei a leitura.

Trecho

“Eu estava entre o caos e a frustração, cercada de canções inacabadas e poemas abandonados. Ia o máximo que podia até bater no muro, minhas próprias limitações imaginárias. Até que conheci um sujeito que me contou seu segredo, e era bem simples. Se você bater no muro, não pare.”

MinC

Desnecessário acrescentar alguma coisa sobre a quadrilha que se autointitula governo, comandada por Michel Temer. Vocês acompanham tudo e provavelmente estão melhores informados que eu. Aflige-me, sobretudo, o drama do Ministério da Cultura, há cerca de dois meses com um ministro interino e demissionário. No início da semana os funcionários do MinC divulgaram uma carta denunciando o desmonte da instituição. Antes, os secretários de cultura do país já tinham expressado repúdio com o descaso da gang com o ministério. De certa forma era o esperado, Temer se vinga dos artistas que impediram o fechamento do Ministério. Estamos vivendo mais um pesadelo na história desse maltratado país.

anl

Academia

O Ministro do STJ Luís Alberto Faria ou o escritor João Almino? Para o jornalista e acadêmico Vicente Serejo, a vez na Academia Norte-rio-grandense de Letras é do escritor, por uma “questão de lógica”. Almino foi eleito em março para a ABL, onde já tem assento outro potiguar, Murilo Melo Filho. O presidente da ANL defende a indicação de Faria. Independente da escolha é perceptível nos últimos tempos um certo arejamento na ANL, com as eleições de Lívio Oliveira, Humberto Hermenegildo, Woden Madruga e Roberto Lima.

mirá

2 acontecimentos

1 – Lançamento no dia 03 de agosto de “Mirá”, o mais novo trabalho da cantora Valéria Oliveira, em um show gratuito no Teatro Riachuelo. Capa linda é essa?!

2 – Escolha da peça “Jacy”, do grupo Carmin,  para participar de um dos mais importantes Festivais Internacionais de Teatro do Brasil, o FIT Rio Preto, na cidade de São José do Rio Preto. Merece demais.

 

 

Share:
Tácito Costa

Comentários

Leave a reply