Agenda

Show de Laryssa Costa traz clássicos da melancolia

Laryssa COsta_4

Amor, raiva e desilusão inspiram conceito do novo show da cantora, A Bossa da Fossa, com estreia na próxima quinta-feira (16), no Bardallos Comida & Arte, no centro de Natal.

O Sagrado Feminino na voz de grandes mulheres da MPB

Laryssa Costa conta que a ideia surgiu da necessidade de trabalhar suas interpretações de uma forma mais profunda, minimalista e performática.

“São músicas belíssimas que contrastam com tudo que eu normalmente canto, que são sambas e chorinhos mais alegres, ritmados, frenéticos. Em meus shows sempre reservei um bloco bem pequeno para as músicas mais morosas, tristes mesmo. Confesso que tenho inclinação por músicas deste tipo, então porque não dedicar um show todo à estas melancolias? Afinal, nem sempre somos só alegria e felicidade”.

Laryssa Costa_

Laryssa dá um tempo nos sambas e choros alegres, base de seu repertório, e mergulha na dor e melancolia.

E assim nasceu A Bossa da Fossa.

O formato é de pocket show, com clássicos brasileiros em versões contemporâneas, que valorizam o intimismo e a expressividade.

Tem Ronda, Tortura de Amor, Meu Mundo Caiu (veja com Maysa em interpretação emocionada na TV japonesa, em 1960) e outros temas fundamentais da tristeza declamada em música.

Laryssa cantará o amor e a solidão, além de surpresas que podem ser intervenções cênicas e performances de convidados.

O acompanhamento instrumental será de Toni Gregório, instrumentista multipremiado por arranjos e composições.

“Participamos de alguns projetos juntos e à partir daí surgiram essas possibilidades de parceria, de um trabalho solo. Toni é fera em criar e inovar. Era exatamente o que eu estava buscando”.

Sucessos na voz de grandes mulheres

O Sagrado Feminino surge em canções de sucesso nas vozes de grandes mulheres da música popular brasileira, representativas do cancioneiro melancólico.

Verdadeiro convite para ouvir Maysa, Dolores Duran, Dalva de Oliveira e a conterrânea Núbia Lafayete – esta nascida em Assu e dona de um vozeirão que você vê aqui em um número apresentado no Programa Clodovil, em 1993. 

Laryssa Costa define a apresentação com dor, sobre paixões de um coração despudorado, contraditório, inconformado, mas, acima de tudo, humano. Detalhe: o show terá curta temporada.

Mark Demsteader

Quadro de Mark Demsteader.

A Bossa da Fossa, com Laryssa Costa

 Às quintas de março (16, 23 e 30)

A partir das 21h

Entrada: R$ 10,00

Share:

Comentários

Leave a reply