Agenda

Grandes nomes da viola nordestina se apresentam hoje à noite em Natal

violeiro_capa

Depois de Mossoró (27) e Caicó (28), música tradicional nordestina chega a Natal

O projeto Sonora Brasil chega ao final da temporada 2016 com a tradição da viola nordestina em alta.

Com a temática Violas no Nordeste, os músicos Eduardo Buarque (PE), Raullino Silva (RN) e Cássio Nobre (MA) sobem ao palco do auditório do Sesc Cidade Alta, neste sábado, a partir das 19h.

A viola nordestina é encontrada em sua forma mais tradicional, como apresentada na região Sudeste.

Mas variantes típicas são utilizadas por repentistas da região, com um sistema acústico de melhor projeção do som.

Enquanto no Recôncavo Baiano surgiu a versão machete.

violeiro-eduardo-buarque

Discípulo do mestre Adelmo Arcoverde, Eduardo Buarque, especialista em viola machete, sustenta a riqueza da tradição cultural pernambucana

Sobre os músicos

O violeiro e compositor Eduardo Buarque é pernambucano de Recife.

Discípulo do mestre Adelmo Arcoverde, do Conservatório Pernambucano de Música, ele desenvolve o projeto Meia Quadra, cuja proposta é dialogar a viola com instrumentos da tradição instrumental do Nordeste.

Já Raullino Silva é potiguar de Antônio Martins, mas radicado em Pernambuco.

Repentista profissional desde os 19 anos de idade, o potiguar acumula participações em centenas de competições.

Em 2005 ele venceu o 1º Festival Internacional de Trovadores e Repentistas, em Quixadá (CE), ao lado do poeta João Paraibano.

Por fim, Cássio Nobre, um maranhense radicado em Salvador (BA).

Compositor, violeiro e pesquisador do samba de roda do Recôncavo Baiano, em especial da viola machete, ele estuda as transformações da prática musical tradicional da na atualidade.

Viola nordestina encerra Sonora Brasil 2016

O Projeto Sonora Brasil é uma importante ação difusora da cultura musical brasileira, um dos maiores projetos de circulação de espetáculos musicais.

A cada dois anos, são escolhidos dois temas relevantes para o resgate da cultura musical do país, com quatro grupos por temática.

violeiro-raulino-silva

Potiguar Raullino Silva em poucos anos conseguiu espaço no competitivo mercado dos violeiros de Caruaru (PE)

Grupos que circulam com os concertos por dois anos, por todos os estados brasileiros, em  apresentações acústicas.

O enfoque é o desenvolvimento da cultura musical brasileira em todos os seus aspectos, do popular, ao regional, histórico e erudito.

Em sua 18ª edição, o projeto apresentou temas Sonoros Ofícios — cantos de trabalho e Violas brasileiras.

Sonora Brasil Sesc apresenta Violas no Nordeste

Natal, sábado (29)

Às 16h, no Sesc Cidade Alta

Entrada gratuita

Site do projeto: www.sesc.com.br/sonorabrasil

Share:

Comentários

Leave a reply