Blog

Performer Pedro Costa – o homem do terço no ânus – propõe “Anti-análise” na Pinacoteca

solange1

Com informações do site Coletivo Potiguar

A Pinacoteca pode ir além de um Arraiálcool ou eventos particulares caça-níqueis. A prova disso é que na outra terça-feira, dia 21, o performer Pedro Costa, que hoje reside em Berlim, Alemanha, promoverá uma “Anti-análise”. Será um conversê bem voltado aos artistas interessados na arte da performance. Vale ressaltar, Pedro escandalizou as dondocas da city quando retirou do ânus um terço, durante uma das edições do Salão de Artes Visuais de Natal, em 2010.

Pedro convidará sete pessoas para ter uma sessão individual e gratuita de 50 minutos. O horário do evento transcorrerá no horário comercial, na quase finada Pinacoteca do Estado. As temáticas aceitas terão que estar em conexão com os tópicos Kuir (dissidências sexuais, queer, pós-pornô etc.), Descolonização (estratégias artísticas de crítica, empoderamento e ocupação) e Imigração (fronteiras, geopolíticas, línguas etc.).

Embora jovem, Pedro Costa já atua há 20 anos e possui imensa experiência com trabalhos potentes e visto como um dos artistas mais promissores do campo da performance que discute temas que envolvem o kuir, cujas ações são fortemente políticas assim como sua personalidade intensa, magnética, perceptiva e objetiva. Pedro também realiza trabalho no campo da música como viabilização da cultura queer, conhecido internacionalmente pelo “Solange, tô aberta!”, cujas apresentações já passaram pela cidade.

O artista já promoveu em Natal a exposição por.NE.dissidência, também realizada na Pinacoteca e que foi censurada logo depois. Essa exposição foi montada com outros artistas convidados, como André Bezerra (Coletivo ES3), Edson Barrus, Erratik, Marissa Lobo, Yuri Tripodi e xxx.antichrist_xxx sob a curadoria de Dora Bielschowsky e Jota Mombaça.

Enfim, está aberta essa convocatória. Se você se interessar em participar, envie um e-mail para x.pan.x@hotmail.com, com o assunto “Anti-análise + Seu nome”, com a descrição da performance ou ideia (se tiver outras formas de registros, podem enviar) e quaisquer outros materiais (portifólios, websites etc.), se preferir. O mais importante será responder o porquê de querer participar da anti-análise.

Share:

Comentários

1 comment

Leave a reply