Que cerveja é essa? Bierland Vienna

Breno Machado
Colunistas

bierland-vienna-5O Estreito de Bering é um canal marítimo com 85 quilômetros de largura, localizado entre a Rússia e os Estados Unidos. É a ligação mais próxima entre a Ásia e a América.

Muitos defendem que a semelhança entre os povos pré-colombiano, esquimó, siberiano e asiático ocorre porque, durante o período glacial, a água do mar se concentrava nas calotas polares, o solo oceânico tornava-se exposto e o caminho entre um continente e outro poderia ser facilmente percorrido a pé.

É nesse momento que o confrade deve estar se perguntando por que cargas d’água estou falando do Estreito de Bering, quando o assunto da nossa conversa é outro BEM distinto.

A resposta é: deve haver alguma teoria desse tipo para explicar por que certas cervejas surgem em um local, somem e se fortalecem novamente em outro completamente distinto.

Como é o caso da Vienna Lager, que poderia ser um estilo fundador de uma escola austríaca de cerveja… se ainda fosse produzida e consumida na Áustria, em vez das Américas. Inclusive, no Brasil.

bierland-vienna-6

Austríaco Anton Dreher criou estilo que emplacou no Brasil

Tome um Dreher (?)

A Vienna Lager surgiu ao século XIX, desenvolvida por Anton Dreher pelo conjunto da criação de um método próprio de produção de malte e a recém-aprendida tecnologia para isolamento da levedura para se produzir cerveja lager.

A receita de Dreher, leve, complexa e extremamente equilibrada, atraiu a atenção de imigrantes mexicanos, como Santiago Graf, que levou a receita ao seu país natal.

O que foi uma decisão sabiamente tomada, porque já ao final do século XIX a Lager de Viena entraria em declínio em seu país de origem e só vigoraria no Novo Mundo, principalmente no México, embora suas variações sejam repletas de adjuntos para baratear a cerveja.

Mas os que prezam pela qualidade e tradição das Vienna ainda podem contar com belíssimos exemplares do estilo.

Sobre um deles, a Samuel Adams Boston Lager, nós já conversamos em bate-papos anteriores (www.substantivoplural.com.br/que-cerveja-e-essa-samuel-adams-boston-lager) mas, confrade… a melhor Vienna Lager que eu já provei nesses anos de cervejas especiais, podem acreditar: é brasileira.

Terra da Cerveja

20 anos após o surgimento do estilo Vienna Lager, surgiria a primeira cervejaria na indiscutível Blumenau, capitaneada pelo mestre alemão Heinrich Hosan.

Não demoraria para que mais de uma dezena de cervejarias se instalassem na região.

bierland-vienna-barUma delas, a Bierland, surgiria apenas em 2003, com o compromisso de manter a tradição do lugar ao mesmo tempo que traria no portfólio receitas um pouco além das tradicionais da colônia alemã, imprimindo uma certa ousadia ao produto.

Um deles, sua receita de Vienna Lager, com corpo médio, cor caramelo-avermelhada e bastante transparente, entrega um produto equilibrado como poucas Vienna da atualidade.

No olfato, apresenta de forma marcante biscoito e caramelo. O lúpulo não é coadjuvante, com sua nota cítrica, mas passa longe de ser protagonista. Um espetáculo de equilíbrio que, não é à toa, até hoje angaria prêmios nacionais e internacionais.

Notas

Para quem ainda tem um pé atrás em relação à qualidade da cerveja artesanal produzida no Brasil, a Bierland Vienna quebra paradigmas.

Eu estou longe de ser um bairrista, e é por isso que afirmo: para uma cerveja que foi criada na Áustria e popularizada no México, foi no Brasil que ela encontrou o seu porto.

A Bierland Vienna é a melhor Vienna do país (e hoje os concorrentes não são poucos), e provavelmente a melhor do planeta.

Já conhece a Bierland Vienna? Ficou com vontade de conhecer, ou provou depois de ler nossa coluna? Tem dicas de lugares para encontrá-la, ou de alguma harmonização interessante?

Não deixe de postar seu comentário neste nosso espaço de divulgação da cultura cervejeira.

Ein prosit!

bierland-vienna-3E então, Que cerveja é essa?

Nome: Bierland Vienna

Cervejaria: Bierland

País de origem: Brasil

Estilo: Vienna Lager

Álcool: 5,4% ABV

Harmonização: Churrasco, queijo coalho, coração de galinha.

Temperatura ideal: 5 – 7 °C

Copo: Caldereta

Média de preço: R$ 12 – 18 (Garrafa de 500 ml)

Onde encontrar: em supermercados, e bares da cidade.

Gostou dela? Recomendo Brooklyn Lager, Morada Double Vienna e Samuel Adams Boston Lager

Share:
Breno Machado

Comentários

Leave a reply