Que cerveja é essa? Hofbräu Original

Breno Machado
Colunistas

hofbrau_2Caro confrade, chegamos ao mês de outubro!

Sabe o que isso significa?

Se você for cervejeiro de raiz, a resposta é simples e rápida:

Oktoberfest!

E para festejarmos juntos esse grande mês em que a cerveja é uma das estrelas principais, as postagens de outubro terão como tema esse tradicionalíssimo evento.

Sua história, curiosidades e tradições, e a cada postagem eu darei uma dica de cerveja para ser bebida para celebrar a ocasião.

Encha todas as canecas da casa, coloque “Ein Prosit” para tocar a cada 15 minutos, e willkommen zum Oktoberfest!

De cavalos a cervejas

A Oktoberfest teve início em 12 de outubro de 1810 em Munique, Alemanha, para comemorar o enlace matrimonial entre o Rei Luís I e a Princesa Theresa da Saxônia.

Toda a cidade foi convidada para a festa que ocorreria no jardim em frente ao castelo, batizado como Theresienwiese (“Gramado de Theresa”), ou simplesmente “Wiesn”.

A festa fez tanto sucesso que tornou-se parte do calendário de Munique desde então, sendo repetida todos os anos.

Para comemorar o casamento, foram organizadas corridas de cavalos, competições de tiro, festivais de música, comidas típicas… e cerveja? Não, cerveja não tinha!

Embora hoje as cervejas sejam servidas aos borbotões nas Oktoberfest, nem sempre as coisas fora assim.

Na verdade, nas primeiras oito edições da festa, a bebida era proibida.

Depois a organização do evento percebeu que estavam se garantindo no vacilo e liberaram o open bar.

A partir daí, confrade, foi só alegria.

Com exceção de 24 anos em que a Alemanha atravessou guerras, a cerveja permaneceu firme e forte na programação da festa, a ponto de hoje a Oktoberfest ser invariavelmente conhecida como um festival de cervejas acima de tudo.

hofbrau_oktoberOriginal Muniquense

E se estamos falando de Oktoberfest e Munique, confrade, nada mais apropriado do que falar da cerveja oficial não apenas da festa, mas sim de toda a Corte Real bávara desde o século XVI – A Hofbräu Original, também conhecida carinhosamente por “HB”.

Esta cerveja, cuja receita permanece inalterada desde a sua criação, surgiu do descontentamento do então Duque da Baviera, Wilhelm V, com as cervejas produzidas na região até o momento, o que obrigava a nobreza a encomendar cervejas da Baixa Saxônia.

Contaram com o savoir-faire do monastério de Geisenfeld para construírem a Hobräuhaus, a cervejaria da corte.

Esta cerveja real se caracteriza por ser extremamente refrescante, com sua coloração límpida e dourada, espuma persistente, um leve toque de biscoito no aroma e caramelo no palato, e um equilíbrio excelente entre malte e lúpulo.

Notas

Acredito que a HB foi que me fez pensar em mudar os hábitos de consumo sobre cervejas.

Existem cervejas de entrada. E existe A cerveja de entrada.

A HB é excelente na hora de passar o recado sobre as diferenças entre cervejas de massa e cervejas especiais.

E com sua drinkability altíssima, nada melhor aproveitar que você conheceu uma cerveja sensacional de Oktoberfest para entrar de carrinho na jaca!

Ein prosit!

E próximo sábado, confrade, dando sequência a nossa série, falaremos sobre os melhores lugares no Brasil para se comemorar a Oktoberfest.

Até lá!

Já conhece a Hofbräu Original?

Ficou com vontade de conhecer, ou provou depois de ler nossa coluna?

Tem dicas de lugares para encontrá-la, ou de alguma harmonização interessante?

Não deixe de postar seu comentário neste nosso espaço de divulgação da cultura cervejeira.

hofbrau-3E então, Que Cerveja é essa?

Nome: Hofbräu Original

Cervejaria: Hofbräuhaus München

País de origem: Alemanha

Estilo: Munich Helles

Álcool: 5,1% ABV

Harmonização: Eisbein (joelho de porco), saladas, peixes.

Temperatura ideal: 5 – 7 °C

Copo: Caneca; Pilsner; Caldereta

Média de preço: R$ 20-25 (Garrafa de 500 ml)

Onde encontrar: em supermercados, lojas de cervejas especiais, bares, restaurantes, pubs, atacados e lojas de conveniência.

Gostou dela? Recomendo Coruja Strix Extra, Hacker-Pschorr Münchener Gold, Tupiniquim Helles.

Share:
Breno Machado

Comentários

Leave a reply